Esse blog tem caráter informativo e não tem vínculo com o Governo Federal

Cadastro Minha Casa Minha Vida 2023 em Colinas – MA 2

Cadastro Minha Casa Minha Vida 2023 em Colinas – MA

Eu e você vivemos em uma sociedade em que é normal ter como sonho e meta possuir a casa própria.

Desde pequenos, por mais que gostemos ou não de morar com nossos pais e familiares, ansiamos por um canto só nosso.

Desejamos por ter o nosso teto, afinal, é um marco de independência e da entrada na vida adulta: “finalmente saí do ninho!”.

Ter a casa própria é motivo de orgulho a ponto de bater no peito e dizer “eu tenho a minha casa própria!”.

Eu sei que você tem esse desejo e sonho ou não estaria lendo esse artigo.

Se você quer saber como se cadastrar no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), continue lendo, pois irei tirar essa e mais outras dúvidas que você possa ter em relação a esse incrível programa!

O que é o Minha Casa Minha Vida

Imagem mostrando o logo do minha casa minha vida, com casas no fundo da imagem

O Programa Minha Casa Minha Vida é um é programa social de auxílio à moradia do Governo Federal.

E foi iniciado no mês de março o ano de 2009 no governo do ex-presidente Lula.

O Programa Minha Casa, Minha Vida possui o objetivo de tornar a moradia acessível às famílias de baixa renda (renda bruta de até 7 mil reais)

O Governo Federal, para a realização desse programa, faz parcerias com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos para permitir o acesso à casa própria para famílias de renda baixa e média (com renda bruta até 7 mil reais).

O Programa Minha Casa Minha Vida está ligado à Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, que coordena a concessão de benefícios junto à Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, governos e entidades locais.

Além dos benefícios para quem quer adquirir um imóvel, o Programa também estimula a cadeia produtiva da Indústria da Construção, gerando emprego e renda para milhares de trabalhadores e um incremento para o comércio, aumentando a oferta de imóveis à venda.

Isso não é incrível? É ou não é um programa completo?

É importante você saber a história e os objetivos desse incrível programa que já mudou a vida de tantos brasileiros desde 2009

Fases do Minha Casa Minha Vida MCMV

Assim como nós, o programa ao longo do tempo passou por diversas fases de desenvolvimento em que atendia de forma diferente. Quais são elas?

Fase 1

A fase 1 teve início assim que o programa começou, em 2009.

Seu objetivo principal era popularizar a aquisição de unidades habitacionais em todo por todo Brasil.

Você sabida disso?

Com meta de construir 1 milhão de habitações, o Governo apresentou as condições do programa.

E cadastrou os interessados tanto em comprar quanto construir imóveis com o benefício do MCMV.

Inicialmente foram contempladas três faixas de renda:

  • Faixa 1 – Famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.600
  • Faixa 2 – Famílias com renda mensal bruta de até R$ 3.275
  • Faixa 3 – Famílias com renda mensal bruta acima de R$ 3.275 até R$ 5 mil

Fase 2

A fase teve seu início durante o ano de 2011.

E tinha como meta construir 2 milhões de novas unidades com um investimento de R$125,7 bilhões até o final de 2014.

Desse valor, R$ 72,6 bilhões vieram do Orçamento Geral da União e do FGTS e outros R$ 53,1 bilhões diretamente dos empréstimos.

Nessa fase também também iniciou-se a participação do Banco do Brasil no Programa.

Nessa fase foram contempladas as famílias com renda:

  • Faixa 1 – Famílias que ganham uma renda mensal de até R$ 1.600
  • Faixa 2 – Famílias que ganham entre R$ 1600,01 e de até R$ 3.600
  • Faixa 3 – Famílias que ganham entre R$ 3600,01 e de até R$ 5 mil

Fase 3 (fase atual)

Em 2016 iniciou-se a terceira fase do Programa Minha Casa Minha Vida, que pretende contratar mais 2 milhões de unidades habitacionais até 2018 com um investimento de R$ 210 bilhões.

Desse montante, R$ 41,2 bilhões virão do Orçamento Geral da União.

Além disso, houve a criação da faixa 1,5 – que beneficia famílias com uma renda bruta mensal de até R$ 2.350,00.

Essa medida foi tomada pois as famílias dessa faixa financeira enfrentam dificuldades para encontrar imóveis compatíveis com seu poder aquisitivo.

As outras faixas também sofreram mudanças e tiveram seus limites aumentados para que ainda mais famílias entrem no programa:

  • O teto da faixa 1 passou de R$ 1,6 mil para 1,8 mil
  • A faixa 2 vai de R$ 3.275 para R$ 3,6 mil
  • A faixa 3 admitirá famílias com renda de até R$ 7 mil, valor que antes era de R$ 5 mil

Os custos máximos dos imóveis também foram modificados*:

  • Na faixa 1, passam de até R$ 76 mil para até R$ 96 mil
  • Nas faixas 2 e 3, o teto passou de R$ 190 mil para R$ 225 mil
  • Na faixa 1,5 o imóvel custará até R$ 135 mil

*O valor máximo do imóvel pode ser modificado a depender do tamanho da cidade

Obras e benefícios realizados pelo Minha Casa Minha Vida (MCMV)

Números do Minha Casa Minha Vida, infográfico com informações do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Você deve estar se perguntando quantas obras um programa desse tamanho já deve ter realizado, certo?

Afinal, se tudo der certo, eles podem construir a sua casa!

Listei abaixo algumas das principais obras, dos principais benefícios e dos principais números realizados pelo Minha Casa Minha Vida (MCMV) só para dar um gostinho a você!

  • Em 2018, atingiu 5 milhões de unidades contratadas
  • É o programa habitacional brasileiro mais bem sucedido do país
  • Entre 2010 e 2014, o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) conseguiu manter uma redução no déficit habitacional de 2,8% ao ano!
  • Minha Casa Minha Vida terá 22 mil novas unidades habitacionais. Contratações referem-se à Faixa 1 do programa, que atende famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil

Como Funciona Minha Casa Minha Vida

E como funciona o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) você deve estar se perguntando, certo?

Como funciona para ter sua casa própria?

Como faz o cadastro?

Como participar?

Quem pode e quem não pode participar? Tantas perguntas devem estar na sua mente!

Calma! Irei falar tudo!

Existem duas formas de conseguir usar os benefícios incríveis do programa Minha Casa Minha Vida:

  • Se você e sua família possui uma renda mensal bruta de 1,8 mil reais, você irá precisar se cadastrar na prefeitura de sua cidade: Colinas – Maranhão para participar do sorteio ou entrar em contato com alguma entidade organizadora
  • No caso de você e sua família possuir uma renda mensal bruta entre 1,8 e 7 mil reais, você deve entrar em contato com a Caixa Econômica Federal ou com o Banco do Brasil e fazer uma simulação de financiamento. Se for mais confortável para você, também pode contatar um Correspondente Caixa.

Para aqueles com renda de até R$1.800, após o cadastro, as famílias selecionadas pela prefeitura ou pela entidade organizadora são comunicadas sobre a data do sorteio dos imóveis e, posteriormente, sobre a data de assinatura do contrato.

Já no caso do atendimento direto com os bancos ou correspondentes bancários, seus documentos e os do imóvel são analisados e as condições de compra e financiamento são apresentadas para você na hora.

Faixas do Minha Casa Minha Vida

Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida

  • Renda familiar bruta de até R$1.800
  • Valor máximo do imóvel: R$ 96 mil*
  • Precisa dar entrada no imóvel?: Não
  • Há análise de risco?: Não
  • Exige comprovação de renda?: Não
  • Aceita pessoas com o “nome sujo”?: Sim

Faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Casa

  • Renda familiar bruta até R$ 2.350
  • Valor máximo do imóvel: R$135.000*
  • Precisa dar entrada: Não
  • Análise de risco: Não
  • Exige comprovação de renda: Não
  • Aceita pessoas com o “nome sujo”: Sim

*O custo máximo do imóvel do Minha Casa Minha Vida (MCMV) pode ser diferente de acordo com a região, estado ou município

Você pode estar se perguntando por qual razão as pessoas e famílias são separadas em faixas diferentes, afinal, não seria mais fácil uma categoria só?

Mas as pessoas são separadas em faixas no Minha Casa Minha Vida. Pois isso modifica as condições de financiamento e o tamanho do benefício concedido.

No caso das faixas 1 e 1,5, por causa do valor do subsídio (o governo paga uma parte e você paga a outra parte do imóvel), o qual pode chegar até 90% do valor imóvel, é necessário ser sorteado para receber o benefício. 

É preciso fazer um cadastro na prefeitura de Colinas – MA ou no órgão do governo responsável pelo sorteio dos imóveis.

Também é possível organizar-se em entidades e solicitar a construção de um empreendimento através do Minha Casa Minha Vida – Entidades.

Faixa 2

  • Renda familiar bruta até R$3.600
  • Valor máximo do imóvel: R$225.000*
  • Precisa dar entrada: Sim
  • Análise de risco: Sim
  • Exige comprovação de renda: Sim
  • Aceita pessoas com o “nome sujo”: Não

Faixa 3

  • Renda familiar bruta até R$ 7 mil
  • Valor máximo do imóvel: R$225.000*
  • Precisa dar entrada: Sim
  • Análise de risco: Sim
  • Exige comprovação de renda: Sim
  • Aceita pessoas com o “nome sujo”: Não

*mais uma vez, os valores podem ser diferentes a depender da região, do estado ou do município

As faixas 2 e 3 têm os mesmos benefícios que as faixas 1 e 1,5?

Não, não possuem. As coisas já são diferentes, pois o poder aquisitivo da família também é diferente.

Nesse caso, o valor do subsídio dado pelo governo é menor, e os beneficiários não necessitam esperar por sorteio.

Basta ir até a Caixa Econômica com a documentação necessária e verificar as condições possíveis para seu financiamento. 

Uma das grandes vantagens das faixas 2 e 3 é que os beneficiados podem escolher o imóvel, pois o processo é bem parecido com o de crédito imobiliário normal.

Cadastro no Minha Casa Minha Vida

Então você deseja se cadastrar no programa Minha Casa Minha Vida, certo? Então veio ao lugar certo!

Irei falar como se cadastra, quais são os requisitos (pois não são todas as pessoas que podem se inscrever no programa) e muito mais!

Requisitos do cadastro Minha Casa Minha Vida

Para participar do programa e, obviamente, do cadastro da Minha Casa Minha Vida, você precisa estar dentro de alguns critérios e requisitos:

  • Você não pode ter de forma alguma casa própria em seu nome
  • Você não pode possuir financiamento de imóvel em seu nome;
  • Não pode ter sido beneficiado por nenhum outro programa de habitação social do governo;
  • Se você é pessoa autônoma, deverá apresentar o carnê do INSS.
  • Você deve ter uma renda de até três salários mínimos;
  • Você precisa apresentar comprovação de renda com carteira de trabalho e contracheque;

Se você passou por todos os critérios e requisitos, você ver se você se encaixa no programa Minha Casa Minha Vida

Quem pode participar do Programa Minha Casa Minha Vida

Quem são as pessoas que podem participar do programa Minha Casa Minha Vida? Para poder participar do programa, além de ser aprovado em todos os requisitos e critérios, também precisa estar dentro de certas faixas

As faixas eu já descrevi, mas vamos relembrá-las resumidamente?

Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

  • Faixa 1 – financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar;

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

  • Faixa 1,5: imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais;

Famílias com renda de até 3,600

Nas faixa 2, você tem até 30 anos para pagar e pode comprar um imóvel novo ou na planta, comprar terreno e construir sua casa.

E se você for dessa faixa, você e sua família receberão o subsídio de 29 mil reais do governo

Famílias com renda de até 7 mil

Nas faixa 3 você tem até 30 anos para pagar. E pode comprar um imóvel novo ou na planta, comprar terreno e construir sua casa.

Essa faixa não possui subsídios do governo, mas você e sua família irá receber juros bem mais atrativos do que os encontrados no mercado normal.

Como fazer o cadastro no Programa Minha Casa Minha Vida

O cadastro Minha Casa Minha Vida é fácil, porém é preciso ter atenção em algumas coisas na inscrição.

As Faixas 1 e 1,5 têm regras diferentes das Faixas 2 e 3. Fique por dentro:

Para se inscrever para as Faixas 1 e 1,5

Você precisa fazer um cadastro na prefeitura, entidade organizadora ou governo local.

Procure a Secretaria de Habitação da sua cidade para se informar.

A princípio, basta comparecer ao local com documento com foto. Famílias que recebem outros benefícios como o Bolsa Família já estão no Cadastro Único, o que facilita o processo.

Para as Faixas 2 e 3

Você não precisa fazer nenhum cadastro Minha Casa Minha Vida!

Você precisa apenas consultar a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil ou um Agente Imobiliário que irá te explicar e a sua família todas as condições de financiamento que se aplicam ao seu caso.

Lembre-se que as famílias com renda até R$2.350 devem estar sempre atentas ao início do cadastro Minha casa Minha Vida junto ao governo e entidades da sua região.

Recomendo acompanhar as notícias da sua cidade e consultar todas as fontes possíveis (internet, jornal impresso, jornal na televisão) para estar sempre o mais possível atualizado sobre o programa e não perder a sua tão desejada inscrição

Documentos necessários para o cadastro no Minha Casa Minha Vida

  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Comprovante de renda;
  • CPF (Cadastro Pessoa Física);
  • Extrato do seu FGTS atualizado;
  • Ficha de cadastro habitacional;
  • Imposto de Renda;
  • RG (Documento de identidade)

Simulador Minha Casa Minha Vida

O simulador permite que você veja mais ou menos o financiamento da sua casa. Veja o passo a passo de como usar o simulador.

  • Entre na página oficial do simulador , acesse aqui;
  • Complete os campos apresentados;
  • Siga as orientações e não pule qualquer etapa;
  • Aguarde pelo resultado.

Minha Casa Minha Vida Colinas – Maranhão

Você que é de Colinas no Maranhão e preenche todos os critérios deve estar se perguntando: E o programa Minha Casa Minha Vida Colinas? É diferente? Segue outras regras?

Então, como o programa Minha Casa Minha Vida é um programa Nacional, as regras valem para o país inteiro.

Como fazer o cadastro Minha Casa Minha Vida Colinas

Como fazer o cadastro Minha Casa Minha Vida você sendo um morador de Colinas? Como fazer a inscrição no Minha Casa Minha Vida em Colinas – MA?

O primeiro passo para você fazer o cadastro Minha Casa Minha Vida é saber em qual faixa do programa você se encontra: 1; 1,5, 2 ou 3. É só olhar no tópico anterior.

Após descobrir em qual faixa sua renda se encontra, você deve ir até a instituição correta de acordo com o seu nível econômico.

Se você faz parte da faixa 1, encaminhe-se para a prefeitura de sua cidade (no seu caso, Colinas) para verificar quando irão abrir as inscrições.

Caso estejam abertas, cadastre-se e espere ser chamado.

Você pode solicitar também o cadastro gratuito através de entidades organizadoras como a COHAB ou o CDHU.

Caso você faça parte do grupo 2 ou 3, vá até uma agência da Caixa Econômica Federal ou procure um Agente Imobiliário para simular o financiamento.

Caso o imóvel esteja nas condições corretas e você seja eletivo para o benefício, você poderá financiá-lo.

Compartilhar é se importar!